gAPZroEkgx8xs7J6V95FXc9chWU Divulgando RH - Divulgação em RH, cursos, artigos, emprego, etc.: Abril 2012WkLHGt_YfyJE9LvL3p6jwKFizk4

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Workshop Especial Gestão por Processos/Ferramenta para o Sincronismo Organizacional - Divulgando RH Eventos





Informações gerais

Data e local: 
24 e 25 de abril de 2012 - Porto Alegre
8 e 9 de maio de 2012 - São Paulo 

Horário:

Credenciamento: 8h
Horário: 8h30 às 17h30

Incluso: Material didático | Coffee break | Certificado | Almoço

Carga horária: 16h

Investimento: R$ 2.180,00(Descontos especiais a partir de 03 participantes de uma mesma organização)




Objetivos
● Proporcionar o conhecimento da metodologia de Gestão por Processos
● Dar uma visão aos participantes das diversas áreas da organização
● Discutir as variáveis que influenciam na performance global da organização
● Capacitar na aplicação das ferramentas analíticas para tratar questões relacionadas à análise, ao 
redesenho e ao gerenciamento de um processo, tais como custos, qualidade, redução de falhas e principalmente do ciclo de tempo dos processos-críticos da organização
● Desenvolver habilidade na construção de indicadores de desempenho integrados com a estratégia para os processos e para os postos de trabalho das pessoas envolvidas

Metodologia
Através de discussões sobre aplicações da metodologia à realidade da organização. O workshop é 
essencialmente prático, sendo que a maior parte do tempo é destinada a trabalhos em subgrupos, em um estudo de caso.

Público Alvo
Todas as pessoas que, no dia-a-dia se envolvem, direta ou indiretamente, nos processos organizacionais, atuando em sua gestão ou em partes isoladas da cadeia de valor, que estão participando de um esforço de redesenho da organização, ou ainda, que terão influência significativa nos resultados do projeto de mudança.

Conteúdo programático
COMPREENDER AS PROVIDÊNCIAS QUE DEVEM SER TOMADAS PARA GARANTIR COMPETITIVIDADE ATRAVÉS DA OBTENÇÃO DO SINCRONISMO ORGANIZACIONAL

● Descrição das mudanças ocorridas no ambiente das organizações.
● Analisar as conseqüências negativas para a competitividade de uma organização 
funcional.
● Mostrar a necessidade do Sincronismo Organizacional entre as áreas e os processos para 
garantir foco no cliente em todos os níveis da organização.
● Apresentar os instrumentos para o alinhamento entre a Estratégia, os Processos e as 
Pessoas.

ANALISAR O CONTEXTO ORGANIZACIONAL, PROJETANDO O MAPA DE CONTEXTO 
DA ORGANIZAÇÃO

● Descrever os relacionamentos da organização com o ambiente externo (clientes, fornecedores, concorrentes, sociedade).
● Descrever os relacionamentos relevantes entre as áreas da organização.
● Identificar as rupturas do Contexto.
● Identificar os processos relevantes da organização, que impactam significativamente os 
resultados.


ANALISAR UM PROCESSO DA ORGANIZAÇÃO, DESCREVENDO O FLUXO DO PROCESSO

● Mapear o processo.
● Identificar as rupturas.
● Classificar e priorizar as rupturas.

PROJETAR UM NOVO PROCESSO

● Estabelecer metas de melhoria para o processo, coerentes com os objetivos estratégicos 
da organização.
● Criar um novo processo que seja capaz de garantir o atendimento das metas estabelecidas e corrija todas as rupturas do processo atual.
● Projetar o novo fluxo do processo.
● Relacionar todas as mudanças (inovações) que deverão ser implantadas.

CONSTRUIR UM SISTEMA DE MEDIÇÃO DO DESEMPENHO DO PROCESSO

● Identificar os requisitos ou Dimensões Críticas do desempenho.
● Estabelecer Indicadores finais e intermediários (métrica e padrão).

ANALISAR O DESEMPENHO DAS PESSOAS E REDESENHAR O TRABALHO

● Identificar os postos de trabalho que atuam no processo redesenhado.
● Definir perfil para os postos de trabalho.
● Projetar o Padrão Técnico do Trabalho.
● Analisar os fatores que interferem no Sistema de Desempenho Humano.

GERENCIAR A MUDANÇA

● Escolher a estratégia mais indicada para garantir sucesso na implantação das mudanças 
e do novo processo.
● Elaborar o Plano de Implantação e a estrutura de gerenciamento da mudança.

Facilitador: PAULO ROCHA

É considerado hoje no Brasil um dos maiores experts em Gestão por Processos.
Consultor associado da Conexxões - Educação.
Exerce Atividades de Consultoria em Formulação Estratégica, detecção analítica de falhas, gerenciamento de processos, análise de problemas e tomada de decisões.
Professor da Fundação Dom Cabral - FDC, Instituto Mauá de Tecnologia e Fundação Fritz Muller.
Atuou em Projetos de Redesenho e Reestruturação organizacional, redesenho de processos, formulação estratégica e programas de treinamento gerencial em inúmeras empresas de diversos setores da economia, tais como: Alcan, ABB, Abril, Algar, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Banco Nacional, CEF, Citibank, Codistil- Dedini, CPQD, Editora Globo, Embratel, FINEP, Fundação Dom Cabral, Freios Varga, Magnesita, Mangels, Mercedes Benz do Brasil, Minasgas, Nextel, Petrobrás, Petróleo Ipiranga, Riocell, Sadia, Secretaria da Fazenda do Estado do Ceará, Serpro, Seleniun, Splice, Tecnomoageira, Telerj, Telpa, TRW, Vale , dentre outras.
Formação em Engenharia Mecânica pela Faculdade de Engenharia Industrial - FEI, com especialização em administração Industrial.



WORKSHOP CONTRATAÇÕES NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - Elaboração de Editais, Termos de Referência e Projetos Básicos - Divulgando RH Eventos






● Os cuidados necessários no planejamento das licitações
● O direito de preferência para bens e serviços produzidos no Brasil
● As regras de sustentabilidade ambiental
● A mais recente jurisprudência do TCU


Facilitador(a): Paulo Reis

Local e data: Brasília - 7, 8 e 9 de maio de 2012

Horário: 8h30 às 17h30

Carga horária: 24 horas

Incluso: Material didático | Coffe break | Almoço | Certificado

Investimento: R$ 1.900,00
(descontos especiais a partir de 3 participantes de uma mesma organização)
     

                          
Apresentação:O momento mais importante de todo o processo de contratação na Administração Pública é a fase de planejamento. É o momento em que a Administração identifica suas necessidades, define a solução mais adequada para resolvê-las e prepara toda a documentação para a realização da futura licitação. De todos esses documentos, o edital, com seus anexos (Termo de Referência e Projeto Básico), é o mais importante, pois constitui a norma legal através da qual a Administração comunica ao mercado o que deseja e como deseja, definindo as características do objeto, os prazos para execução, a forma de pagamento e todas as demais condições indispensáveis para a elaboração das propostas. Mais recentemente, o ordenamento jurídico evoluiu no sentido de ser dada preferência para bens e serviços produzidos no Brasil, o que precisa ser considerado no edital.

O presente Curso vai detalhar todos os aspectos fundamentais da atividade de elaboração do edital e seus anexos, discutindo o que deve dele constar de acordo com a legislação vigente e as vedações legais, possibilitando a realização de uma licitação sem questionamentos, célere e que conduza à seleção da proposta que efetivamente atenda o interesse público. O Curso vai examinar a legislação geral da Administração Pública e as normas mais recentes, especialmente no tocante à sustentabilidade ambiental, procurando destacar essencialmente o detalhamento específico, tudo de acordo com a jurisprudência do Tribunal de Contas da União.

Objetivos:O Curso objetiva preparar os servidores da área de contratações da Administração Pública para a tarefa fundamental da elaboração do edital e seus anexos, detalhando os passos do processo na fase de planejamento, tudo de acordo com as disposições legais mais recentes, inclusive as INs 2/2008 e 1/2010, os Decretos nº 7.546, de 2 de agosto de 2011, e nº 7.601, de 7 de novembro de 2011 e os posicionamentos atualizados do TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO, de forma a possibilitar que o futuro certame licitatório atinja seus objetivos.

Público-alvo:Servidores públicos das áreas de licitação e contratação em geral e suas autoridades superiores; membros de Comissão de Licitação, Pregoeiros, Equipes de Apoio e todos os que participam da elaboração de minutas de editais de licitação; Consultores e Assessores Jurídicos; Ordenadores de Despesas; Membros de órgãos de Controle Interno e Externo; representantes de sociedades que participam de licitações na Administração Pública.

Conteúdo programático:I – O PROCESSO DE CONTRATAÇÃO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
● O início do processo: a perfeita identificação da necessidade e a solução adequada
● Comprovação de disponibilidade orçamentária – o que fazer se não existir orçamento aprovado 

II - ELABORAÇÃO DO EDITAL
● Princípios que regem a atividade da Administração Pública
● Exigências básicas – editais para obras e serviços e editais para compras
● A padronização das aquisições como exigência legal
● Ato convocatório – suas principais características e espécies
● Quem deve participar da elaboração do edital? 

III – O QUE DEVE CONSTAR DO EDITAL – EXIGÊNCIAS LEGAIS
● Definição do objeto
● A questão da definição da marca – garantia da qualidade das contratações
● Formas de descrição de bens de acordo com as técnicas vigentes e os padrões utilizados pelo mercado
● Possibilidade de exigência de amostras – o que pode ser exigido e como pode ser exigido
● As regras de sustentabilidade ambiental definidas pela IN 1/2010 – a questão da obrigatoriedade de sua utilização
● Posição do TCU a respeito da aplicação das regras de sustentabilidade ambiental
● Aplicação das regras de preferência aos bens e serviços produzidos no Brasil
● Cuidados especiais na quantificação do objeto – a economia de escala
● Alterações quantitativas e qualitativas legalmente permitidas durante a execução do contrato
● A obrigatoriedade do parcelamento do objeto
● A vedação ao fracionamento da despesa
● Conceito de proposta mais vantajosa – relação com a proposta de menor preço
● Cautelas em relação à definição do preço estimado da contratação
● Critério de aceitabilidade dos preços – a fixação do preço máximo
● Como obter o preço máximo que a Administração se propõe pagar
● Condições para habilitação
vDeclaração da inexistência de fato superveniente
● Exigência de habilitação jurídica, regularidade fiscal e trabalhista, qualificação técnica e qualificação econômica
● Julgamento de propostas – critérios objetivos
● Definição de preço manifestamente inexequível
● Formas de pagamento – possibilidade de utilização de pagamento antecipado
● Exigências de garantia – composição com as exigências de capital mínimo ou patrimônio líquido mínimo
● Sanções que podem ser aplicadas ao contratado inadimplente – a desconsideração da personalidade jurídica
● Exame e aprovação pela Consultoria Jurídica 

IV – PRAZOS CONTRATUAIS
● Os contratos por escopo e os contratos a prazo
● Diferenças entre prazo de vigência contratual e prazo de execução do objeto
● Os prazos máximos nos contratos por escopo
● Os prazos de vigência e de execução nos contratos a termo
● As exceções previstas na Lei nº 8.666/1993
● Como estabelecer nos editais os prazos máximos dos contratos relativos a serviços continuados
● Como estabelecer nos editais os prazos máximos dos contratos relativos ao aluguel de equipamentos e à utilização de programas de informática 

V – ALTERAÇÕES CONTRATUAIS PREVISTAS NO EDITAL
● O reajustamento no ordenamento jurídico
● A repactuação como forma de reajustamento
● Disposições atuais da IN 2/2008 sobre a aplicação das regras de repactuação nos contratos de terceirização 

VI - REPERCUSSÕES DA LEI COMPLEMENTAR 123/06 E DO DECRETO 6.204/2007 NA ELABORAÇÃO DOS EDITAIS
● Conceito de microempresas e empresas de pequeno porte
● Como verificar a possibilidade ou não de participação de microempresas
● Comprovação da condição de microempresas: documentação a ser exigida.
● Repercussões na fase de habilitação
● Repercussões na fase de julgamento das propostas
● Cautelas na elaboração do edital, contemplando os benefícios previstos na Lei Complementar 123/06
● Licitações exclusivas para microempresas e empresas de pequeno porte
● Subcontratação de pequenas empresas 

VIII – O TERMO DE REFERÊNCIA NO PREGÃO
● O termo de referência como anexo do edital
● Quem deve elaborar o termo de referência
● O que deve constar do termo de referência
● O termo de referência para aquisição de bens
● O termo de referência para contratação de serviços – as exigências da IN 02/2008
● O termo de referência para contratação de serviços de engenharia 

X – DEMAIS EXIGÊNCIAS
● O Acordo de Níveis de Serviços
● Cautelas quanto à responsabilidade em relação aos encargos trabalhistas e previdenciários


Facilitador(a): Paulo Reis É referência como consultor nacional na área de Licitação e Contratos Administrativos, ministrando cursos em diversos estados da Federação. É autor de artigos publicados nas melhores revistas especializadas do ramo.
Advogado e Engenheiro Civil, com grande experiência em Processos de Contratação de Bens e Serviços, há mais de 40 anos atuando na Administração Pública, inclusive como Presidente de Comissão de Licitação e Pregoeiro.
Autor de artigos publicados nas melhores revistas especializadas do ramo.
Consultor da Conexxões Educação.

7º Fórum Nacional - COMPETÊNCIAS E GESTÃO PARA RESULTADOS - Divulgando RH Eventos










COMPETÊNCIAS – EDUCAÇÃO CORPORATIVA – GESTÃO DO CONHECIMENTO – APRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL

A execução bem-sucedida das Competências atrelada a Gestão do Conhecimento e Educação Corporativa é o tema que será debatido e compartilhado neste 7º Fórum.

- Nasce uma nova Gestão de Pessoas
Você vai conhecer como articular o Conhecimento e as Competências, gerando valor e inovação na Estratégia para aGestão Consistente de Pessoas.
A implantação da Gestão por Competências nas organizações tem se baseado em processos complexos e demandantes de grandes desafios de Gestão de Mudanças. Como resultado, em muitas ocasiões, os projetos não são implantados em sua totalidade.
A Conexxões Educação estruturou, neste Fórum, uma abordagem de Gestão por Competências que tem entre seus principais diferenciais a flexibilidade e baixo nível de complexidade no planejamento e implantação, assim como vai mostrar uma visão mais abrangente, que pressupõe a articulação do conhecimento para alavancar a capacidade de inovar e facilitar o aprimoramento das equipes e a melhoria de práticas gerenciais nas organizações.
Serão 12 palestrantes, entre eles executivos de RH e consultores renomados no País, que vão compartilhar Conhecimento e suas experiências.
Conheça também os Workshops Especiais. Você vai estar frente a frente com os mestres. O conhecimento e você. Sem intermediários! Será uma oportunidade enriquecedora que irá agregar valor diferenciado à sua carreira e ao seu dia-a-dia de trabalho.

2 WORKSHOPS – 4 CASOS PRÁTICOS – 5 PALESTRAS ESPECIAIS – NÃO PERCA!

Reserve espaço em sua agenda para viver dois dias de experiências enriquecedoras e diferenciadas. Tudo isso, com o padrão de qualidade Conexxões!



3º Fórum de Gestão Estratégica no Setor Público - Divulgando RH Eventos

Antes de sair clique aqui






O Fórum Gestão Estratégica foi cuidadosamente elaborado no intuito de ser uma grande oportunidade para você vivenciar as melhores práticas e conhecer as tendências no setor público.



Serão dois dias dedicados a uma execução da Estratégia bem sucedida.

Na programação teremos o “Workshop Gestão Pública Colaborativa: Rumo ao Governo Aberto”, apresentando a tendência internacional para uma governança mais transparente e responsável e como os governos têm feito esforços para contribuir, tal como a parceria para o Governo Aberto das Nações Unidas, endossado pela presidente Dilma Rousseff em setembro de 2011.

Você verá:
Como as organizações criam plataformas, ambientes colaborativos e construtivos.
A ideia do governo aberto que lança um desafio ao setor público que vale a pena.
Os pilares essenciais do Governo Aberto são a cocriação e as plataformas de engajamento. Você estará frente a frente com o Vankat Ramaswamy, reconhecido internacionalmente como o idealizador de novas práticas de negócios em Estratégia e Inovação.
A Gestão baseada em Competências para resultados que será apresentada por Ecléa Hauber, renomada consultora e docente, com ampla experiência no desenvolvimento de programas de estratégia e de mentoria formal nas organizações.
Os mais novos instrumentos de planejamento e gestão do Governo de Minas, que serão expostos por Renata Vilhena, Secretária de Planejamento e Gestão do Estado.

Nosso grande desafio é trabalhar a cultura e a Governança nas organizações, confira como fazer!

Serão 02 Workshops, 05 Casos Práticos, 03 Palestras e 01 Painel que lhe trarão respostas sobre “Como Fazer Acontecer a Execução da Estratégia na sua Organização”. A Conexxões convidou dois dos mais conceituados Executivos do Brasil que fazem a Estratégia funcionar no dia-a-dia.




quinta-feira, 26 de abril de 2012

Teatro Semana do Meio Ambiente - Divulgando RH Causas Socias


Antes de sair clique aqui


Reciclando Conceitos em Empresas com humor e criatividade



O grupo "Treinadores da Alegria" é uma cooperativa de atores que atua no mercado há mais de quinze anos com trabalhos que têm o reconhecimento de grandes empresas, da Secretaria de Cultura do Município e do Estado de São Paulo, e também do meio artístico. Alguns de seus espetáculos foram contemplados com o "Prêmio Estímulo" da Caixa Econômica Federal.

O trabalho do grupo "Treinadores da Alegria" consiste em, a partir da identificação das necessidades da empresa, desenvolver um roteiro que aborde temas específicos, objetivando uma tomada de consciência e melhoria do comportamento dos indivíduos. Seus roteiros são abertos, permitindo a inclusão de aspectos exclusivos da empresa contratante.

Vamos todos abraçar esta causa, ajudando a divulgar esse trabalho excepcional, fazendo chegar ao maior número de pessoas e empresários possível.



Teatro Semana do Meio Ambiente


SOS PLANETA TERRA - “ O LUXO DO LIXO “
Teatro SIPAT, Semana da Saúde , Qualidade
Ações de Treinamento & Desenvolvimento

Meio Ambiente e Sustentabilidade: SOS Planeta Terra
Segurança Sem Limites – No Trabalho, no Lar, na Rua
Saúde e Qualidade de Vida: Rir é o melhor remédio
AIDS / DST - Tabagismo e Alcoolismo: De bem com a Vida
ISO 9.001 – 14.001 e OHASAS 18.001:
Sorria, aí vem a Auditoria

Qualidade: Busque a Perfeição em tudo que fizer
GMP / BPF: Higiene e Limpeza uma questão de segurança
Cinco S´s: Ordem e Limpeza

Mudanças de Paradigmas: Aprendendo com as Diversidades
Motivacional e Comprometimento: Missão sem confusão.com Motivação
Ética e Código de Conduta: Reflexão, Conscientização & AÇÃO
Teatro Sustentabilidade e Política Nacional de Resíduos Sólidos

Patrocínio – Custo Zero através da dedução do Imposto de Renda ou ICMS , para Apresentações em Escolas Públicas

www.treinadoresdaalegria.com.br
eduardo@treinadoresdaalegria.com.br
Eduardo: (11) 3804-8829 / 9175-4141



Antes de sair clique aqui

O Novo Gestor de Gente - Divulgando RH Artigos

Antes de sair clique aqui


O Novo Gestor de Gente 

Fonte: Portal Qualidade Brasil
Colunista: Melissa Antonychyn

Mudanças no contexto organizacional mundial têm levado as organizações a buscarem novas formas de gestão com o intuito de melhorar o desempenho, alcançar resultados e atingir a missão institucional para o pleno atendimento das necessidades dos clientes. Como o sucesso das organizações modernas depende, e muito, das pessoas, nota-se que os gestores de RH devem acompanhar essas transformações e revisarem suas competências profissionais para se adequarem a essa nova realidade. 

Vivemos na sociedade do conhecimento, onde o talento humano e suas capacidades são vistos como os principais diferenciais competitivos no mercado. Assim, a área de Recursos Humanos (RH) deixou de ser um mero departamento mecanicista, que cuidava da folha de pagamento e da contratação dos profissionais, para se tornar o personagem principal de transformação dentro das organizações. O antigo, temido e tradicional rótulo "Departamento de Pessoal", presente, mesmo quando era um departamento do "eu sozinho", numa pequena empresa, que, possivelmente nem estrutura formal tinha, foi substituído pela expressão "Gestão de Pessoas". 


As atividades dos gestores de RH que antes se resumiam em admitir, pagar e demitir, hoje, nesse novo enfoque, se espalham por um amplo cardápio de tarefas ou novos desafios dentro das organizações, que podemos resumir em: “tornar as pessoas cada vez mais felizes, para que elas sejam cada vez mais produtivas, comprometam-se cada vez mais com a organização, a fim de que esta se torne cada vez mais competitiva em seus negócios”. Ou seja, promover uma perfeita sintonia entre a organização e seus públicos, interno e externo, através de ações que visem mudanças comportamentais e atitudinais, que são, na maioria das vezes, esforços direcionados para atingir a subjetividade humana.

Refletindo sobre os dados evidenciados na matéria publicada na Revista Você RH – “A Evolução do RH” (edição maio/junho 2011) percebe-se os vários exemplos de gestores que através de sua criatividade conseguiram desenhar processos de atração e seleção conectados com o movimento das redes sociais e outros processos inovadores de seleção que trazem talentos com potencial de desenvolvimento e esquecem as velhas análises de currículos que focavam somente as competências técnicas, deixando de lado a máxima “contratávamos pela competência técnica e demitíamos pela falta das competências comportamentais”.

Outro aspecto que demonstra as mudanças no perfil do profissional de RH são os novos programas de benefícios que trazem questões relevantes para a qualidade de vida do trabalhador. Hoje, já é possível encontrar empresas que cuidam não só da saúde do colaborador enquanto este cumpre sua jornada corporativa, mas também no convívio de sua família, nas suas atividades sociais, recreativas etc.

A responsabilidade social, que no passado, era tratada somente como o “adotar uma entidade social”, passou a promover discussões relevantes de quais seriam as ações que promoveriam a comunidade onde a empresa encontra-se inserida. 

Hoje temos profissionais de RH desenvolvendo projetos de retenção de pessoas, desenhando trajetórias de carreiras com várias possibilidades de crescimento que preveem experiências nacionais e internacionais em carreiras técnicas ou de gestão. Outro progresso foram os programas de capacitação e desenvolvimento que acompanharam a evolução tecnológica. Atualmente, existem inúmeros exemplos de universidades corporativas virtuais que entregam “dentro de casa” o conhecimento para o trabalhador. 

As avaliações de desempenho também assumiram um novo patamar, transformando as reuniões de feedback e os comitês de alinhamento de metas individuais e organizacionais em atividades rotineiras dentro das organizações, desenvolvendo seus colaboradores para posições e desafios que um mundo globalizado demanda.

Muitos leitores considerarão as observações apresentadas como uma visão bastante otimista em relação a este novo profissional. É fato que ainda temos muito a evoluir em nossas práticas de gestão de pessoas, porém, já é possível encontrar excelentes exemplos de ações e práticas de RH implementadas nas empresas brasileiras.




Antes de sair clique aqui

Implementação do Balanced Scorecard - Divulgando RH Cursos

Antes de sair clique aqui


Integrado ao Planejamento Estratégico da Organização

São Paulo, 14 e 15 de Maio de 2012

Objetivos e Benefícios do Treinamentos:

Apresentar os conceitos do Balanced Scorecard e sua aplicação na gestão estratégica das empresas
Detalhar e praticar a metodologia voltada a atingir objetivos estratégicos
Posicionar os participantes com relação às atuais práticas de mercado ligadas ao BSC
Permitir o conhecimento prático das ações necessárias para a implantação e implementação do BSC
Apresentar a relação entre o BSC e os indicadores de desempenho apoiados no PNQ - Prêmio Nacional da Qualidade

Público-Alvo:

• Toda a liderança estratégica da empresa

Programa:

Módulo I – Introdução e Visão Geral do BSC
• O que é o Balanced Scorecard?
• Histórico do BSC
• Diferenças em relação a outras sistemáticas de Planejamento e Controle
• Definindo as “partes interessadas” na empresa
• As quatro perspectivas do BSC – Financeira, Clientes, Processos Internos e Aprendizado e Crescimento
• Como medir o desempenho de uma organização de forma quantitativa
• Como fazer a integração das perspectivas e seus indicadores

Módulo II - Preparação para o Balanced Scorecard e Cronograma de Implantação
• Condições necessárias para a implantação
• Alinhando a organização pelo BSC
• Como obter a colaboração interna em todos os níveis hierárquicos
• Desenvolvendo os facilitadores do programa
• Workshops – objetivos e técnicas
• Cronograma detalhado de implantação
• Como desenhar o seu Balanced Scorecard

Módulo III – Desenvolvendo e Utilizando os Indicadores
• Conceito de indicadores de causa (incomes) e de efeito (outcomes)
• Os indicadores abstraídos dos sistemas integrados ERP
• Os indicadores que terão que ser criados
• Indicadores quantitativos e qualitativos
• Exemplos de indicadores
• Como quantificar os indicadores não financeiros
• Como efetuar a manutenção periódica dos indicadores

Módulo IV – Implantando o BSC
• O processo de construção do Balanced Scorecard - passo-a-passo
• Características principais em cada uma das perspectivas
• Elaboração do Mapa Estratégico (mapeamento dos indicadores)
• Pontos a observar no levantamento das informações
• Influência do BSC em remuneração e incentivos
• Balanced Scorecard e o Orçamento da empresa
• Maximizando sinergias entre Unidades de Negócio
• O BSC e as ferramentas de informática

Módulo V – Como Gerenciar com o BSC
• Implementando o programa de gerenciamento do BSC
• Formulários para controle
• Como funcionam os sistemas informatizados de construção e controle do BSC
• Dúvidas e discussões de casos específicos

Módulo VI – Dificuldades na Implantação do BSC
• O BSC como aculturamento e não como um plano
• As barreiras na implantação da estratégia
• Limitações a serem superadas na implantação
• Benchmark de caso real de empresa que implantou o BSC

Módulo VII – Critérios de Excelência
• Os critérios de mensuração de excelência do BSC em observância ao PN

Será apresentado um CASE STUDY de uma EMPRESA REAL na implantação do BSC e as dificuldades encontradas por ela.

Metodologia das Aulas:

• Apresentação dos conceitos de forma socrática onde os participantes serão estimulados a refletirem sobre as estratégias atuais e futuras da organização. Prática dos conceitos e fundamentos em metodologias apresentadas durante os cursos. Apresentação de fita de vídeo “The Balanced Scorecard”

Sobre o Instrutor: Norberto Giuntini

• Mestre em Controladoria e Contabilidade Estratégica na FECAP/FACESP
• Formação em Economia (Mackenzie), Ciências Contábeis (UNIP) e especialização em Controladoria pela Fundação Getúlio Vargas – FGV
• Docente na disciplina “Finanças Empresariais” no Curso de MBA EXECUTIVO no Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia em São Paulo - SP
• Docente na disciplina “Contabilidade Introdutória e Gerencial” no Curso de Graduação de Administração de Empresas no Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia em São Paulo - SP
• Docente nas disciplinas de Contabilidade Societária, Contabilidade Internacional e Gestão Orçamentária no curso Gestão de Negócios – Pós- Graduação – Faculdade Ítalo-Brasileira
• Docente nas disciplinas de Contabilidade de Custos e Preços de Vendas e Contabilidade/ Auditoria no curso de Gestão Financeira - Pós-Graduação – IMES- Centro Universitário Municipal de São Caetano do Sul
• Experiência profissional de 24 anos trabalhando em empresas de grande porte como: Mercedes Benz, Elebra S/A Eletrônica, Price Waterhouse Auditores Independentes, CIMAF - Grupo Belgo Mineira e Caloi Norte, nas áreas de Auditoria, Custos e Controladoria
• Experiência de 10 anos em consultoria empresarial em empresas de médio e grande porte, nas áreas privada e pública
• Autor de diversos artigos publicados em periódicos e apresentados em Congressos Nacionais e Internacionais de Contabilidade e Custos
• Experiência na apresentação, condução de palestras, workshops e treinamentos a executivos e outros profissionais no Brasil

Datas e local:

14 e 15 de Maio de 2012
Al. Santos, 1893 - 11° andar
Cerqueira César - São Paulo - SP

Horário: 8h30 às 17h30.

Investimento: R$ 1.490,00.

- Consulte sobre desconto especial para confirmação de inscrição antecipada e para grupos.
- Os pagamentos podem ser efetuados por depósito, boleto bancário ou cartão de crédito.
- Material didático, Certificado e Coffee break estão inclusos na inscrição.
- Curso sujeito a número mínimo de inscritos para sua realização.

Informações e Inscrições:

H&B Treinamentos e Soluções Empresariais
Telefone: (11) 3803-9340 ou solicite a ficha de inscrição pelo
E-mail: treinamentos@heb.com.br ou acesse nosso site: www.heb.com.br



Antes de sair clique aqui

Terceirização e outros contratos de trabalho sem fraudar a CLT - Evite reclamações trabalhistas adequando sua empresa às exigências legais - Divulgando RH Cursos

Antes de sair clique aqui


Prezado Executivo,

Entro em contato para apresentar o nosso próximo evento "Terceirização e outros contratos de trabalho sem fraudar a CLT(Maio 2012)", que irá ocorrer no 15 de Maio de 2012, e gostaria de convidá-lo a participar.


O presente treinamento tem como foco empresas de todos os setores de nossa economia, uma vez que enfoca os vários tipos de trabalhadores. As empresas tendem, no intuito de aumentar a eficiência, a buscar novas figuras de trabalhadores: terceirização, cooperativas, profissionais 
autônomos, estagiários, dentre outros. Nesse contexto, caso não sejam realizadas com extremo cuidado, pequenos detalhes em tais operações podem transformar tais trabalhadores em verdadeiros empregados.

Dessa maneira, quando tratamos de terceirização sem observância das regras da CLT, o trabalhador passa a ter vínculo com a tomadora, mesmo em casos em que a terceirização ocorra na atividade meio. 
Não obstante, necessário salientar, ainda, que é possível a terceirização da atividade fim em casos excepcionais. Então, resta claro que o tema em comento não é tão simples assim, visto que não há 
uma linha divisória clara, demarcando aonde a terceirização da atividade meio nunca frauda a CLT, e a partir de que ponto a terceirização da atividade fim sempre a frauda.

Ademais, mesmo que o processo de terceirização esteja de acordo com o que determina a CLT, existem certos cuidados excepcionais que devem ser tomados para que não subsista qualquer tipo responsabilidade, 
ainda que de forma subsidiária. Tal precaução se faz necessária, pois a inobservância de tais riscos pode fazer com que trabalhadores em geral se tornem verdadeiros empregados, o que gerará, 

indubitavelmente, a elevação do passivo trabalhista.

Destarte, fica evidente que a situação de fato, e não apenas a questão formal, é determinante na seara laboral, de forma que, a título de exemplo, não há pensar que apenas o registro de um trabalhador 
como representante comercial retire sua condição de empregado.

Pensando em tudo isso, o Canal Executivo oferece o presente treinamento, através do qual os participantes irão entender como realmente contratar empregados terceirizados SEM QUALQUER RISCO DE FRAUDAR A CLT, além de aprender a identificar quem é o verdadeiro empregado, não correndo riscos de contratar um representante comercial, um estagiário ou cooperado, e, após, quando acham que estão seguros e 
precavidos, serem surpreendidos por um processo trabalhista. São pequenos detalhes que fazem a diferença, mas esta orientação preventiva é indispensável para que as empresas consigam colocá-los em prática. 

Público Alvo:

Gestores de empresas, como gerentes, diretores, analistas, psicólogos e outros profissionais que trabalhem com recursos humanos , advogados e outros interessados em empresas de TODOS OS RAMOS DE ATIVIDADE.

Assim, os principais benefícios do treinamento são:

Conhecer a prática da terceirização lícita e outros trabalhadores lato sensu sem fraudar a CLT.

Identificar quem é o trabalhador com direitos celetistas e quem é trabalhador sem vínculo.Quem é o verdadeiro cooperado, estagiário, representante comercial, eventual e avulso.

Aprender como contratar estes empregados e como desenvolver o contrato dos mesmos sem quaisquer riscos de passivos trabalhistas ou surpresas. 


Tenho certeza que este encontro será uma excelente oportunidade para o desenvolvimento de seus negócios, pelo que recomendamos fortemente
sua participação. 

As inscrições para o evento já estão abertas e há descontos especiais para inscrições antecipadas. 


Você têm interesse em receber mais informações deste Treinamento?


Inscrições e Informações de 8h às 18:30 : +55 (11) 4063-8050 


Antes de sair clique aqui

Como Liderar Pessoas no Call Center - Divulgando RH Cursos

Antes de sair clique aqui




O curso “Liderando Pessoas no Call Center” enfatiza a importância da Gestão de Pessoas para o alcance de resultados.



A Corporativa Brasil, empresa de educação empresarial, promove no dia 10 de maio, no Regent Park, em São Paulo, SP, o curso “Liderando Pessoas no Call Center”. 

Destinado a gerentes, coordenadores, supervisores, monitores, analistas de teleatendimento, e entre outros interessados na gestão de pessoas num ambiente de call center, o curso tem o objetivo de promover o desenvolvimento de líderes com visão estratégica do call center, que contribuam para o alcance dos resultados através da gestão de pessoas.

O facilitador do curso Márcio Silva, business consultant training da Corporativa Brasil, jurado do Prêmio Nacional de Telesserviços 2011, abordará temas como “Líderes de Call Center como ferramenta estratégica da organização”, “Como liderar pessoas e desenvolver competências num Call Center”, “Etapas para fornecer um feedback eficaz”, “Fatores para o sucesso do monitoramento”, “Principais indicadores de atendimento ativo e receptivo”, “O papel do líder de Call Center na motivação e retenção de pessoas”, entre outros.

"Como profissional de RH, o curso foi assertivo, atendeu os objetivos da empresa. Palestrante qualificado, capacitado e muito motivado. Mostrou habilidade para conduzir o treinamento e reter a atenção do grupo. Acredito que esse treinamento trará resultado positivo em curto prazo, bem como uma nova gestão de liderança a nível call center. Parabéns ao Márcio e a Corporativa Brasil pelo ótimo trabalho", analisa Tatiane C. Cechet, Analista de Recursos Humanos da Cremer S/A.

Os interessados podem se inscrever até o dia 05 de maio através do linkhttp://www.corporativabrasil.com.br/lideranca-call-center.html. O valor das inscrições é de R$ 450,00, com direito a certificado, coffee break, apostila, formulários de monitoria, check-list para implementação, teste e glossário de call center. Há descontos a partir de três pessoas. Outras informações podem ser obtidas pelos números 11 3081-1156 / 2364-6988.

LIDERANDO PESSOAS NO CALL CENTER

Data: 10 de maio

Horário: das 08:30 às 17:30

Local: Regent Park - Rua Oscar Freire, 533 – Jardins - São Paulo/SP

Sobre a Corporativa Brasil

Fundada em 2007, a Corporativa Brasil atua em todo o país na área de educação empresarial por meio do desenvolvimento e customização de treinamentos, palestras, seminários e workshops, sempre de acordo com a norma ISO 10015. Além de promover a capacitação profissional, a empresa possui uma equipe altamente qualificada para a realização de eventos motivacionais in Company, levando-se em conta as necessidades de cada organização: www.corporativabrasil.com.br

Antes de sair clique aqui

Treinamentos para Lideres e Gestores - Agenda de Maio - Divulgando RH Cursos

Antes de sair clique aqui


Caro Líder, bom dia!



Encaminhamos sugestão de cursos e treinamentos “abertos” da Corporativa Brasil para o mês de Maio/2012:

10/Maio - Supervisão em Call Center/Telemarketing

Destinado a todos os profissionais interessados em desenvolver habilidades para supervisão de pessoas num ambiente de call center e contact center, sejam eles: supervisores, gerentes, monitores, coordenadores, bem como profissionais de vendas, telemarketing e atendimento.

12/Maio – Liderança no Chão de Fábrica

Este curso é destinado a todas as pessoas que exercem ou desejam exercer algum tipo de liderança no chão de fábrica, sejam eles: Gerentes, Encarregados, Líderes, Supervisores, Coordenadores entre outros.

16/Maio - Liderança Focada na Gestão de Pessoas

Destinado a todos os profissionais interessados em desenvolver habilidades para liderança focadas na gestão de pessoas, sejam eles: Diretores, gerentes, coordenadores, supervisores e demais líderes de equipe.

17/Maio - Monitoria e Feedback em Call Center

Destinado a todos os profissionais interessados em desenvolver habilidades para monitoria e supervisão de pessoas num ambiente de call center e contact center, sejam eles: supervisores e monitores.

23 e 24/Maio – Coaching de Equipe Focado na Gestão de Pessoas
Destinado a líderes, gestores, executivos e demais profissionais que desejam melhorar sua performance no desenvolvimento e condução de suas equipes para o alcance dos objetivos organizacionais e individuais. 

30/Maio - ISO 10015 - Diretrizes para Treinamento

Destinado a Gerentes de RH, Coordenadores e Analistas de Treinamento, Instrutores, Facilitadores, Consultores, Auditores, entre outros interessados em conhecer e implementar a norma ISO 10015 em suas organizações.

31/Maio – Ferramentas da Qualidade Aplicadas a Gestão de Pessoas

Destinado a todos os profissionais interessados em conhecer e utilizar as sete ferramentas da qualidade para solucionar problemas relacionados à gestão de pessoas, seja eles: Líderes, analistas, coordenadores, gestores, e profissionais de RH e Treinamento.

Para demais informações e acesso ao conteúdo:
Contato: 11 3081-1156 / 2364-6988 - contato@corporativabrasil.com.br


Estes temas também podem ser desenvolvidos em sua empresa, contate-nos!

Att.

Araujo
Atendimento Corporativo - Cursos Abertos
Corporativa Brasil | Educação Empresarial
11 3081-1156 / 2364-6988

Antes de sair clique aqui

Holdings - Estratégia de Negócios, Proteção Patrimonial e Sucessão Familiar

Antes de sair clique aqui




Prezado Executivo,


Entro em contato para apresentar o nosso próximo evento "Holdings: estratégia de negócios, proteção patrimonial e sucessão familiar(Jun2012)", que irá ocorrer no 01 de Junho de 2012, e gostaria de convidá-lo a participar.


Existem vários tipos de holdings que podem ser criadas, tudo irá depender do interesse visado. Entre outras, uma holding poderá ser criada como forma de antecipar a sucessão familiar e/ou como forma se estratégia de crescimento empresarial através da aquisição de participações societárias em outras sociedades. Para cada situação teremos influências jurídicas e fiscais 
que devem ser bem mensuradas.

Assim, o treinamento irá demonstrar como se constitui, desenvolve e se extingue uma holding e a influência de nossa legislação sobre ela.

Público Alvo:


Sócios, contabilistas, administradores, economistas, advogados e demais interessados.


Assim, os principais benefícios do treinamento são:


CONHEÇA os tipos de holding.

APRENDA a constituir uma holding, sua forma de funcionamento e extinção.

PREVINA litígios familiares e patrimoniais.

Tenho certeza que este encontro será uma excelente oportunidade para o desenvolvimento de seus negócios, pelo que recomendamos fortemente 
sua participação. 

As inscrições para o evento já estão abertas e há descontos especiais para inscrições antecipadas. 

Você têm interesse em receber mais informações deste Treinamento?

Inscrições e Informações de 8h às 18:30 : +55 (11) 4063-8050


Antes de sair clique aqui

Planejamento Tributario em Obras de Construção - Reduza impacto fiscal do seu empreendimento - Divulgando RH Cursos

Antes de sair clique aqui


Prezado Executivo, 

Entro em contato para apresentar o nosso próximo evento "Planejamento Tributário em Obras de Construção (Maio 2012)", que irá ocorrer no 16 de Maio de 2012, e gostaria de convidá-lo a participar.

Planejamento tributário é a atividade preventiva, anterior à ocorrência do fato gerador, com vistas a maximização do resultado tributário da atividade. Sua correta adoção depende da escolha societária adequada ao desenho negocial que se pretende. Concomitantemente o gestor deve atuar para a inibição dos passivos ocultos e dos riscos fiscais marginais.

Público Alvo:

Empresários, diretores e gerentes de empresas do setor da construção civil, financiadores da atividade, bem como daqueles que pensam em investir no mercado imobiliário.
Encarregados de departamentos jurídicos e fiscais das empresas, professores, estudantes e o público em geral. Gestores públicos e privados interessados no tema.

Assim, os principais benefícios do treinamento são:

APRENDA como planejar eficazmente o resultado tributário da obra de construção civil.

COMPREENDA como a gestão fiscal e societária pode ser usada como ferramenta para maximização de resultados. 

ASSIMILE a legislação vigente no país e saiba como se beneficiar dela.

ENTENDA os principais desafios do profissional tributário e as perspectivas de curto, médio e longo prazo.

RELACIONE-SE com profissionais do mercado e divida experiências nesta área.

Tenho certeza que este encontro será uma excelente oportunidade para o desenvolvimento de seus negócios, pelo que recomendamos fortemente
sua participação. 

As inscrições para o evento já estão abertas e há descontos especiais para inscrições antecipadas. 

Você têm interesse em receber mais informações deste Treinamento?

Inscrições e Informações de 8h às 18:30 : +55 (11) 4063-7600


Antes de sair clique aqui

Viabilidade Economico Financeira de Empreendimentos Imobiliarios - Analise a viabilidade do mercado para empreendimentos Imobiliarios - Divulgando RH Cursos

Antes de sair clique aqui


Prezado Executivo,

Entro em contato para apresentar o nosso próximo evento "Viabilidade Econômico Financeira de Empreendimentos Imobiliários (Jun2012)", que irá ocorrer no 05 de Junho de 2012, 
e gostaria de convidá-lo a participar.



O mercado imobiliário encontra-se extremamente aquecido, com inúmeros lançamentos de empreendimentos residenciais, comerciais, shopping centers e empreendimentos multiuso combinando estes produtos e agregando-se ainda estabelecimentos hoteleiros. Para minimizar riscos, o planejamento destes empreendimentos deve envolver criteriosos estudos de mercado, que irão subsidiar estudos de viabilidade econômica (rentabilidade) e financeira (“funding”) para estes projetos.




O presente curso tem como objetivo apresentar as ferramentas clássicas de análise econômico-financeira no contexto de avaliação de empreendimentos imobiliários. Além disso, 
através de estudos de casos, permitir a interação entre os participantes na aplicação prática dos conhecimentos adquiridos.


Público Alvo:

Profissionais de nível superior que atuem no segmento imobiliário ou de construção civil e que pretendam avaliar de forma profissional a viabilidade econômica e financeira de seus 
projetos e empreendimentos.


Assim, os principais benefícios do treinamento são:

COMPREENDA a viabilidade econômica no contexto do planejamento de empreendimentos imobiliários.


CONHEÇA os conceitos fundamentais e métodos de avaliação econômica de empreendimentos.



ASSIMILE os conhecimentos através de casos e aplicações práticas.

RELACIONE-SE com profissionais do mercado e divida experiências nesta área.

Tenho certeza que este encontro será uma excelente oportunidade para o desenvolvimento de seus negócios, pelo que recomendamos fortemente 
sua participação. 

As inscrições para o evento já estão abertas e há descontos especiais para inscrições antecipadas. 

Você têm interesse em receber mais informações deste Treinamento?

Inscrições e Informações de 8h às 18:30 : +55 (11) 4063-8050


Antes de sair clique aqui

O Medo e a Construção do Futuro! - Divulgando RH Artigos

Antes de sair clique aqui


O Medo e a Construção do Futuro!

Fonte: Portal Qualidade Brasil

Colunista: Gilclér Regina

O melhor meio de nos prepararmos para o futuro é concentrar toda a nossa inteligência, todo o nosso entusiasmo e energia no dia de hoje. Não existe outra fórmula mágica.


Viva cada dia o seu dia e você verá dois grandes milagres, o amanhecer onde tudo se renova e o anoitecer, onde tudo se acalma..

O medo faz parte da vida do ser humano. Todos nós, em algum momento, somos surpreendidos por este sentimento. Muitas vezes esse sentimento é benéfico, pois ele, assim como a dor, pode atuar como um aviso ou proteção quanto a um perigo iminente.

Se uma criança não tiver medo do fogo poderá queimar-se. O medo de falar em público pode fazer a pessoa que necessite trabalhar assim se preparar melhor, se conscientizar de sua limitação e buscar ajuda.

Mas é preciso ter cuidado do medo que paralisa, que gera o pânico e compromete o desenvolvimento pleno do seu potencial. Esse medo que imobiliza, engessa é a maior barreira para a construção do futuro de quem quer que seja e é preciso ser enfrentado, custe o que custar.

Trata-se de um grande erro fugir dos problemas quando na verdade eles requerem ação, eles são os sintomas para as nossas necessárias mudanças e que nos faz trabalhar mais duro em busca da solução.

Uma das maiores descobertas da ciência no campo das emoções foi que a coragem somente se manifesta quando a pessoa se coloca em ação. A ação causa aquela sensação de arrepio dos vencedores e torna-se a chave para sobrepor o medo e criar um mundo novo.

A ação impede que o cérebro processe o medo. O jogador de futebol disputando a decisão só sente o medo antes e depois, nunca durante o calor da partida.

Os heróis mais nobres e corajosos lhe dirão com sinceridade que no momento crucial que viveram a decisão fatal, estavam tão assustados quanto eu e você estaríamos. A diferença é que eles foram capazes de superar os seus medos e resistiram ao impulso de ceder a ele.

Você nunca conseguirá vencer seu medo se não o puser para fora, de tal modo que consiga olhá-lo bem de frente. As pessoas que têm pavor do fracasso são as que nada realizam porque seus medos lhes impedem de tentar.

O verdadeiro sinal de sucesso não é uma linha reta e ininterrupta rumo a realização, mas a disposição de ultrapassar caminhos tortuosos, isto é, superar fracassos. Muitas vezes estamos amarrados em pedras e achamos que são montanhas.

Ver a vida assim pode ajudar muito a construir seu futuro sem medo, criar uma rede de relacionamentos que lhe tragam resultados e alegria, mas é preciso que você olhe no espelho e não minta para si mesmo.

Não há nada de errado com você até que comece a culpar o outro pelo que deu errado. Você já encontrou pessoas que nunca vêem que são elas mesmas as causadoras de seus próprios problemas? Estão sempre culpando os outros pelos seus infortúnios.

Pessoas assim têm dificuldade de respeitarem a si mesmas, portanto não conseguem respeitar os outros. Vivem fechadas para seu potencial porque desconhecem esse tesouro que existe dentro delas, um amor sem limites pela vida e não reconhecem sua força.

A vida segue seu rumo com pessoas que tem fé e outras que não tem. Meia fé não existe assim como não existe meia verdade que no meu vocabulário é mentira. A regra é: não minta para si mesmo!

No que diz respeito ao desempenho, ao compromisso, ao esforço, á dedicação, não existe meio termo.

Ou você faz bem feito ou não faz. O futuro é construído neste presente.

Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus!


Antes de sair clique aqui

Comprometimento é fundamental para conquistas - Divulgando RH Artigos

Antes de sair clique aqui 



Comprometimento é fundamental para conquistas

Fonte: Portal Qualidade Brasil

Colunista: Cersi Machado



Um dos maiores desafios dos gestores das empresas é o de conquistar a lealdade de seus colaboradores. Uma tarefa não muito fácil, porém de fundamental importância para a produtividade de uma organização. Se ampliarmos a análise sobre o comprometimento, perceberemos que não é somente na vida profissional que a concentração de energia para se fazer algo é importante e fundamental. É importante, sim, em todas as áreas da vida.



Não devemos confundir comprometimento com obrigação ou esforços negativos na direção de um objetivo, porque se assim for considerado acabamos por distanciar a determinação e a devoção para se fazer algo.

Um relacionamento afetivo sem comprometimento entre as pessoas envolvidas dificilmente terá qualidade e harmonia. Um político sem comprometimento com suas causas e com o seu povo logo perderá sua credibilidade.

Um estudante sem comprometimento com seus estudos não alcançará grandes etapas na formação. E uma organização que não tiver uma cultura de comprometimento ela perderá sua força competitiva. As grandes equipes vitoriosas já demonstraram que o comprometimento faz diminuir as deficiências técnicas e também permite ampliar a força do grupo criando o trabalho de equipe com fortes características de time unido e motivado na direção dos mesmos propósitos.

É importante destacar que o tipo de liderança existente numa empresa pode facilitar o comprometimento dos indivíduos, ou não. Já é conhecido o fato que, o tipo de liderança exercida numa organização pode prejudicar o clima organizacional, e que por sua vez interfere diretamente nos resultados. Por isso, os gestores devem ficar atentos sobre como eles estão atuando junto de suas equipes.

As empresas devem desenvolver 3 fatores que são considerados determinantes para o desenvolvimento do compromisso efetivo dos colaboradores:
clima positivo para o trabalho;
comunicação transparente;
treinamento/aprendizagem constante.

O clima organizacional é definido pelo consultor norte-americano, Warren G. Bennis, como um conjunto de valores ou atitudes que afetam a maneira como as pessoas se relacionam umas com as outras e com a organização. O clima dependerá do ambiente que a empresa cria para a busca dos resultados.

O ambiente é o contexto, o meio em que se desenvolvem os relacionamentos interpessoais. Não acontece nada fora de um contexto, que abrange elementos, físicos, psicológicos, sociais e muitos outros.

É possível afirmar que todos os colaboradores da empresa, pelo menos indiretamente, são responsáveis pelo clima porque cada um pode estar consciente sobre como se relaciona com todos no ambiente de trabalho, conscientizando-se de que sempre é possível fazer melhor. Mas este processo começa e continua pela liderança, porque muitas pessoas ainda esperam que o fator externo aconteça primeiro para que elas comecem agir.

O fator comunicação transparente significa estabelecer uma relação amistosa, visando a aproximação de todos para o mesmo propósito. Os objetivos devem ser transmitidos de forma clara e devem inspirar os envolvidos. A falta da comunicação transparente gera conflitos, desentendimentos, panelinhas e organização informal, e principalmente, achismo para tudo. O fator aprendizagem é indispensável.

Quanto mais uma empresa educa corretamente seus colaboradores, mais equipados eles ficarão, e desta forma fica mais fácil dar respostas diante os desafios diários. O treinamento apropriado é aquele que forma o conhecimento, ou seja, é quando a informação se adapta a realidade e produz soluções.

Diante destes fatores é importante lembrar o aspecto mais importante, a motivação intrínseca. De que adianta as empresas e seus gestores criarem o ambiente, treinarem e manterem uma comunicação eficiente se os indivíduos não possuem objetivos próprios e determinação pessoal.

É errôneo pensar que os colaboradores de uma empresa irão devotar 100% de sua energia. Deve nascer dentro de cada um a disponibilidade para fazer de cada momento uma experiência de energia e compromisso porque a atitude de uma pessoa diante os desafios da vida dependerá do estado que ela se coloca para tal.

Se uma pessoa se coloca num estado de baixa qualidade, o comportamento será limitado e os resultados também serão. Se o indivíduo escolhe colocar o melhor estado para fazer algo, independente do ambiente externo, o comportamento será mais rico e como conseqüência os resultados serão mais compensadores.

Pessoas sem objetivos e metas pessoais terão mais dificuldade de gerar comprometimento em suas atividades profissionais, porque o comprometimento não existe para com ela própria. É necessário, sempre, uma boa dose de otimismo, coragem e entusiasmo para se fazer as coisas. Saiba que, o indivíduo que não desenvolve comprometimento não consegue nada de grandioso na vida.


Antes de sair clique aqui