gAPZroEkgx8xs7J6V95FXc9chWU Divulgando RH - Divulgação em RH, cursos, artigos, emprego, etc.: Maio 2012WkLHGt_YfyJE9LvL3p6jwKFizk4

terça-feira, 29 de maio de 2012

A BENÇÃO E A ALEGRIA DE SER RH - DivulgandoRH Artigos



A BENÇÃO E A ALEGRIA DE SER RH

Existe um país chamado RH. Nele "mora" um povo especial: legisladores, educadores, técnicos, gente que cuida do pessoal.

Gente que recruta , seleciona e contrata, também paga , desconta e aposenta. Povo que cuida da saúde, do alimento, providencia o transporte, cuida de quem bebe, de quem fuma, de quem tem problemas e pendências. Povo que treina, desenvolve e recicla, que briga pelo salário e pelo benefício, conversa com o sindicato e com a direção . Fiel da balança entre o Capital e o Trabalho . Cuida de um, pensando no outro.

Gente que apesar de tanta função, prática e burocrática, sonha e procura conectar a alma das pessoas, "reinventar" a motivação, resgatar o brilho no olhar, gente que acredita no ser humano e garimpa talentos.

Seu grande desafio é fazer o concreto e sonhar com o abstrato, receber na chegada e desligar na saída, satisfazer o empregado e o patrão, "um olho na missa e o outro no padre", tempo para educar e tempo para punir. Plural e Singular.

A sina do RH é atuar na contradição, "ser empregado esquecendo que o é, ser patrão lembrando que não o é".

Chamam este País e seu povo de Recursos Humanos , alguns dizem que chamar o homem de "recurso" não pega bem , inventaram Departamento de Gente , Setor de Pessoas , Área de Pessoal , nomenclaturas onde o que conta são as posturas

Polêmicas e contradições à parte, eu sei que para ser RH é preciso vocação, trabalhar como missão, exercer o oficio com sensibilidade e razão. Ter nervos de aço, ser a régua e o compasso.

Fonte: Victoriano Garrido Filho
Diretor de Educação Corporativa da ABRH-BA
vgarrido@terra.com.br


Grupo Pão de Açúcar abre 430 vagas de trabalho em São Paulo - DivulgandoRH Vagas de emprego


A empresa iniciou, na segunda-feira (28/05), processo para selecionar 430 novos funcionários para suas lojas em São Paulo. A seleção, que vai até 30 de maio, visa preencher vagas para operador de supermercado, açougueiro e setores de frios e laticínios.


As entrevistas serão realizadas entre 8h e 13h na Rua Teodoro Sampaio, número 1933, no bairro de Pinheiros.


Para os cargos da área de açougue e frios e laticínios, é indispensável conhecimento prévio. Já a vaga de operador de supermercado exige apenas ensino fundamental completo ou em curso. Todos os candidatos devem ser maiores de 18 anos.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

VAGAS DE EMPREGO RHBANCOS - Divulgando RH Vagas


O Brasil tem atraído a atenção do mundo. Projetos, construções, ampliações, desenvolvimentos, passam pela área bancária, financeira, contábil, fiscal, entre outras.

Este nicho de mercado tem gerado novas oportunidades constantemente.

Hoje estamos com 1.783 vagas em aberto no site.

A força deste segmento é algo incrível!

Aproveite o momento para se recolocar, pois hoje os negócios e as oportunidades estão surgindo. Esteja no local certo e na hora certa.

Conte com o RH Banco$ que hoje é o maior e principal player de recolocação profissional do segmento Bancário e Financeiro.

Atendemos mais de 3.000 empresas, desde Bancos, Factorys, Seguradoras, Corretoras, Empresas de Cartões, Mercado de Capitais, entre outras.

O número de vagas conosco é alto, pois nosso trabalho é especializado neste segmento e direcionado às necessidades do mercado.

Acesse www.rhbancos.com.br e confira estas e outras vagas, além dos depoimentos de empresas e profissionais que se utilizaram de nossa plataforma.



Brasilprev Seguros e Previdência
É uma das maiores companhias de previdência privada aberta do Brasil, com mais de 1,4 milhão de clientes.

ANALISTA DE RISCOS PLENO
SP-São Paulo
http://bit.ly/KSnzRJ

ANALISTA DE CONTROLES CONTABEIS SR
SP-São Paulo
http://bit.ly/KSnzRz


Banco Triângulo
Há mais de 20 anos no mercado, disponibiliza linhas de crédito para financiar o crescimento de varejistas e indústrias com condições diferenciadas.


Gerente Relacionamento Cartão II - São Paulo/SP
SP-São Paulo
http://bit.ly/KSnzAZ

Gerente Relac. Cartão II - Rio de Janeiro/RJ
RJ-Rio de Janeiro
http://bit.ly/KSnzkB

Gerente de Relac. de Cartão II - Rio de Janeiro/RJ
RJ-Rio de Janeiro
http://bit.ly/KSnzks

Gerente de Relac. Cartão I - São Luís/MA
MA-Sao Luis
http://bit.ly/KSnxt4

Gerente Comercial II - Cuiabá/MT
MT-Cuiaba
http://bit.ly/KSnyNs

Consultor Jurídico - São Paulo/SP
SP-São Paulo
http://bit.ly/KSnywS

Analista Inteligência Mercado PL - Uberlândia/MG
MG-Uberlandia
http://bit.ly/KSnvBk

Analista de Produtos SR - São Paulo/SP
SP-São Paulo
http://bit.ly/KSnvkX

Analista de Produtos JR - Uberlândia/MG
MG-Uberlandia
http://bit.ly/KSnv4r


Topázio Cartões
Financeira fundada em 2005, tranformada em Banco Múltiplo em 2009, atende com produtos e serviços financeiros as pessoas físicas e jurídicas relacionadas. Atua nas linhas de crédito Rede Afiliada, Empresas e produtos de cartão de crédito a pessoas físicas.

ANALISTA DE INTELIGÊNCIA DE MERCADO
RS-Porto Alegre
http://bit.ly/KSootB


OUTRAS VAGAS:


Assistente de Back Office - Florianópolis
SC-Florianopolis
R$ 1.001,00 a R$ 2.000,00
http://bit.ly/KSomSp

Gerente Comercial Financeira
RJ-Rio de Janeiro
http://bit.ly/KSonWK

ANALISTA DE RH JR/PL
RJ-Nova Friburgo
http://bit.ly/KSomlx

Analista de Suporte - Microsoft
SP-São Paulo
http://bit.ly/KSonWv

ANALISTA DE RISCO DE CRÉDITO
SP-São Paulo
http://bit.ly/KSonpC

AUDITOR
SC-Gaspar
http://bit.ly/KSon98

Assistente de Gerente - RJ - Angra dos Reis
RJ-Angra dos Reis
http://bit.ly/KSolOl

Assistente de Gerente - RJ - Macaé
RJ-Macae
http://bit.ly/KSolxV

Assistente de Gerente - GO
GO-Anapolis
http://bit.ly/KSolhx

Assistente de Gerente - AM
AM-Manaus
http://bit.ly/KSojGk

Analista Fiscal Pleno
SP-Taboao da Serra
http://bit.ly/KSokKo

Analista Fiscal Pleno
SP-Jundiai
http://bit.ly/KSoiSV

Analista contábil/fiscal
SP-Piracicaba
R$ 3.001,00 a R$ 4.000,00
http://bit.ly/KSohhO

ANALISTA CONTÁBIL
RS-Porto Alegre
http://bit.ly/KSoilT

ANALISTA FINANCEIRO PL . Planejamento
SP-Barueri
http://bit.ly/KSoh1a

ANALISTA CONTROLADORIA PLENO (NEGÓCIOS)
SP-Barueri
http://bit.ly/KSogKM

ANALISTA CONTROLADORIA SÊNIOR (NEGÓCIOS)
SP-Barueri
http://bit.ly/KSoi56

Analista de Planejamento Financeiro
SP-Cotia e SP-Osasco
http://bit.ly/KSoeCF

Secretária Executiva
SP-São Paulo
http://bit.ly/KSobGV

Analista de Segurança da Informação Sr
RJ-Rio de Janeiro
http://bit.ly/KSobqg

Assistente de Marketing
SP-São José dos Campos
http://bit.ly/KSo9yT

Gerente de Contas
SP-São Paulo
http://bit.ly/KSoaTj

Coordenador de Crédito e Cobrança
SP-São Paulo
http://bit.ly/KSnCga

Analista de Importação
SP-São Paulo
R$ 2.001,00 a R$ 3.000,00
http://bit.ly/KSnDRb

Gerente Administrativo
PR-Curitiba
http://bit.ly/KSnAVH

Executivo de Contas - Vendedor Técnico
SP-Campinas
http://bit.ly/KSnAF8

COORDENADOR DE TI
SP-Campinas
http://bit.ly/KSnBsx

Gerente Comercial
MG-Belo Horizonte, MG-Betim e MG-Contagem
R$ 3.001,00 a R$ 4.000,00
http://bit.ly/KSnAoB

Comprador Sênior
MG-Belo Horizonte, MG-Betim e MG-Contagem
http://bit.ly/KSnBc3

GERENTE DE MERCHANDISING
SP-São Paulo
R$ 6.001,00 a R$ 7.000,00
Requisitos/Comentários sobre a vaga:
http://bit.ly/KSnv4b

Assessor de Diretoria
SP-Caçapava , SP-Jacarei, SP-São José dos Campos e SP-Taubaté
http://bit.ly/KSnwp0


Vantagens de você se associar conosco:

-- > Damos total suporte ao profissional, encaminhando seu CV diretamente para as vagas correspondentes com seu perfil, aumentando assim imensamente a chance de uma seletiva/entrevista na empresa.

-- > Cadastrando-se no site, seu Currículo ficara visível para as empresas/agências bancárias, podendo elas mesmas entrar em contato diretamente com você!

-- > Contamos com uma ótima equipe de suporte, disposta a atender todas as suas necessidades, via tel: 3777-3949 e/ou via e-mail: atendimento@rhbancos.com.br

-- > Aceitamos todos os tipos de cartão de crédito, com parcelamento em até 3x sem juros!

-- > Para nós você não é só mais um número, faremos de todo o possível para te Recolocar no Mercado – Essa é a nossa missão!

Invista em sua carreira.
CADASTRE SEU CURRÍCULO E DEIXE-O VISÍVEL PARA AS MELHORES EMPRESAS/AGÊNCIAS BANCÁRIAS!
www.RhBancos.com.br


O melhor portal de vagas da área financeira e bancária.


Jefferson Ricardo


Rh Bancos
Consultor Online
contato@rhbancos.com.br
(11) 3777-3949
(11) 2384-1033

Site - www.rhbancos.com.br
Facebook - http://www.facebook.com/RhBancos
Twitter - www.twitter.com/rhbancos
LinkedIn - http://www.linkedin.com/groups/Rh-Bancos-2986746?trk=myg_ugrp_ovr

Foque em suas certezas e vença! - Divulgando RH Artigos

Foque em suas certezas e vença! 

Colunista: Carlos Hilsdorf


Muitas pessoas ficam paralisadas pelas incertezas com relação ao futuro. Por não saberem ao certo o que vai acontecer observam, sem reação, seu poder de decisão sendo congelado, sua ansiedade aumentando e, com isso, ficam sujeitas à perigosas indefinições.
Em vez de nos paralisarmos pelas nossas incertezas, por que não focamos nas certezas que possuímos? Vejamos algumas:

1 - Seja qual for o futuro teremos que enfrentá-lo. E nossa única opção é vencer sejam quais forem as circunstâncias.
2 - É verdade que nem todos os caminhos que nos trouxeram até aqui servirão no futuro, mas também é verdade que a garra, a determinação, a dedicação e o aprendizado contínuo servirão sempre.
3 - Sejam quais forem as características do futuro, nossas chances de êxito aumentam exponencialmente se mantivermos a mente aberta e desenvolvermos nossa capacidade de adaptação.
4 - Os melhores colaboradores, fornecedores e parceiros são investimentos seguros em todas as épocas.
5 - Quanto mais exigente o mercado e os clientes se tornam mais eficazes e excelentes devemos ser, especialmente em marketing, administração, recursos humanos, negociação, vendas e atendimento.
6 - Quando o futuro chegar, deve nos encontrar despertos, conscientes e preparados. Isso depende 100% do que estamos fazendo agora.
7 - O futuro cuida de si quando o presente é sustentável, ou seja, quando nossas decisões e atitudes atuais não o colocam em risco.
8 - Não realizaremos nada de grande no futuro se não realizarmos as pequenas mudanças cotidianas que estamos sempre adiando porque são difíceis, delicadas ou trabalhosas. A hora de mudar é agora.
9 - A melhor maneira de prever o futuro é criá-lo. A história que você não escreve, será escrita por outras pessoas, e você será obrigado a ler!
10 - O verdadeiro perigo não é o futuro, mas o apego ao passado!

Assim como no cinema a sombra do monstro é sempre maior que o próprio monstro, nossa preocupação agiganta as dificuldades do futuro deste mundo em constante transformação.
Substitua preocupação por ação consciente e focada. Dedique-se a levantar as necessidades e prioridades que podem tornar sua vida e seu negócio extraordinários!
Faça perguntas essenciais como:

1 - Onde e com que estou perdendo energia, oportunidades e negócios? Corrija Imediatamente.
2 - Como posso tornar o que faço ainda mais especial, especial ao ponto que as pessoas a meu redor e meus clientes possam notar a diferença de forma tão evidente que tenham dificuldade em comparar-me com os concorrentes? Torne-se único!
3 - Como posso aprender mais rápido que a concorrência? Observe que não é apenas trabalhando mais que se vence, mas trabalhando de maneira mais inteligente que nossos concorrentes.
4 - Onde e com o que estou acomodado? Cuidado! Já observou o que acontece com a água parada? Saia da zona de conforto! Mova-se!
5 - Quem pode me ajudar a melhorar tudo o que faço? Não somos obrigados a saber de tudo, mas conhecer quem sabe e fazer parcerias é fundamental!

Estas são breves reflexões para que você possa perceber que o medo do futuro é, frequentemente, fruto de uma consciência que sabe não estar fazendo tudo o que podia no momento presente e, que isto é reversível.
Em vez de ficar paralisado por suas incertezas, foque suas certezas e vença.

Afinal, todos nós nascemos para vencer!

Um grande abraço,Seu parceiro rumo à melhor versão do Futuro!


Debaixo do seu telhado - Divulgando RH Artigos

Debaixo do seu telhado


Fonte: Portal Qualidade Brasil
Colunista: Pedro Paulo Morales


É muito comum sempre reclamarmos dos outros, do governo, da situação mundial ou até mesmo de Deus. É certo, que estas coisas influenciam o nosso dia a dia e nos tornam desmotivados porem temos que analisar essa situação e fazer a pergunta será que tudo que acontece é culpa dos outros?

Quantas vezes nós procrastinamos situações e elas apenas se complicam com o passar do tempo, é aquela velha história dar tempo ao tempo que se resolve. Não estou querendo dizer que devemos resolver tudo aos supetões, de uma hora para outra, sem pensar ou refletir.

A resolução rápida de problemas pode economizar muita dor de cabeça e atrapalho. Uma das coisas que mais acontece é não olhar para debaixo do próprio teto, o que podemos fazer para melhorar a situação, se pode economizar um pouco mais, mudar nossa alimentação ou nossos hábitos alimentares ou de vida.

Nas empresas não é muito diferente. Com a concorrência cada vez mais intensa a pressão por custos é crescente, é nessa hora que é preciso olhar para debaixo do “telhado” verificar seus processos e custos. Muitas empresas acham que é muito caro investir em inovações ou que isso é conversa de gente grande ou daquele concorrente que possui mais capital.

Muitas inovações que foram desperdiçadas durante anos e anos hoje fazem sucesso no mercado e às vezes não foi preciso grandes investimentos apenas vontade e determinação.

Os custos são outros fatores que as empresas devem prestar a atenção porque hoje em dia o cliente quer qualidade aliada a baixo custo, tendo essas características o produto terá uma grande chance de ser líder de mercado.

A atenção com custos como, despesas administrativas, de vendas, financeiras ou de distribuição, podem também tornar a empresa cada vez mais enxuta e competitiva.

Uma coisa é certa para que se tenha sucesso não adianta olhar o telhado dos outros é primeiro preciso olhar para o seu próprio telhado para ver se não há alguma goteira porque como naquela musica contada por Sérgio Reis “Nesta Casa Tem Goteira Pinga Ni Mim, Pinga Ni Mim, Pinga Ni Mim” e no caso a goteira no telhado molha o lucro.

Vamos refletir sobre isso!

sábado, 19 de maio de 2012

A Coisa Certa - DivulgandoRH Artigos

A Coisa Certa

Colunista: Jerônimo Mendes 


O que faz você levantar todos os dias de manhã cedo? Você vê algum sentido nisso? Não seria mais fácil ficar na cama, esperar o café, fingir-se de doente, ler um bom livro, assistir televisão, ligar o computador, ouvir música o dia todo, contemplar o sol e a chuva pela janela?

Segundo os existencialistas, cuja escola filosófica teve origem no fim do século XIX, pensar em um universo imprevisível e indiferente levaria muitos ao desespero. Por essa razão, a maioria levanta, mesmo a contragosto, para sentir-se útil.

Quando pensamos e interagimos, fazemos parte do meio, portanto, existimos. De alguma forma, somos parte de uma teia complexa que nos liga uns aos outros. Não conheço ninguém que queira viver e morrer sozinho, isolado do mundo.

A necessidade de pertencimento está para o homem assim como o oxigênio está para todos os seres vivos. Dessa forma, esbravejamos, levantamos, fazemos a única coisa a fazer: enfrentar a dura realidade da luta diária pela sobrevivência.

Ao longo do tempo, fomos impregnados com a ideia de que levantar da cama para trabalhar, sentir-se útil e sobreviver, é o mínimo que as pessoas sensatas podem querer para si mesmo. Fazemos aquilo que achamos que é certo ou que a sociedade nos impõe como certo.

Nietzsche, filósofo alemão, afirmou que o homem se satisfaz muito facilmente com a mediocridade e que a maioria dos homens não se dá ao trabalho de ser tudo o que pode ser. Entregar-se a uma vida sem propósito é a coisa certa?

Verdade para uns, bobagem para outros, a coisa certa é necessária mesmo quando não existe razão para isso. Devemos fazê-la, não pelo temor ao castigo ou simples necessidade de sobrevivência, mas, porque levantar cedo, produzir, fazer o bem e sentir-se parte integrante da teia da vida é a coisa mais certa a fazer, para o nosso próprio bem.

O certo e o errado, na maioria das vezes, dependem do ponto de vista de cada ser humano, entretanto, nas cavernas obscuras do nosso inconsciente, algo nos diz que precisamos continuar reconhecendo entre um e outro.

Onde não existe esperança, progresso e ideais, também não existe sentido de vida. A existência humana é frágil e as convicções religiosas confortam até certo ponto, mas não reduzem a ansiedade individual nem coletiva.

O que é certo e o que é errado? Todos sabem o que é errado e fazer o certo dá um trabalho danado. Seja qual for a sua escolha, não é preciso depender dos outros, seguir os outros nem abaixar a cabeça como se não tivesse pensamentos próprios.

Para fazer o certo e utilizar o trabalho com sabedoria, é necessário separar o joio do trigo, o veneno da sabedoria, a maldade da integridade. Somos livres para moldar o próprio destino, entretanto, a liberdade também exige renúncia de coisas que, quase sempre, não estamos dispostos a abrir mão.

Em caso de dúvida, pense como os orientais que tem uma tradição de ver a vida em fases e uma visão mais holística e positiva de cada fase. Confúcio reconheceu que as diferentes fases da vida humana consomem a energia de uma pessoa de maneira diferente, e cunhou a seguinte máxima:

“Aos quinze anos, eu queria muito aprender. Aos trinta, eu havia firmado os pés no chão. Aos quarenta, deixei de ficar perplexo. Aos cinquenta, eu soube quais eram as ordens do Céu. Aos sessenta, escutei-as com os ouvidos dóceis. Aos setenta, pude obedecer ao que o meu coração ditava; pois o que eu desejava não mais ultrapassava os limites do certo.”

Por fim, lembre-se: se você sabe o que é bom e o que é mau, seguramente, será capaz de compreender melhor o que é certo ou errado. Se não se sente confortável com o que está fazendo, seja lá o que for, talvez devesse repensar seriamente em vez de ficar procurando justificativas para não mudar.

Da mesma forma, se você considera a coisa certa, sempre haverá maneiras de justificá-la.


Pense nisso e seja feliz!


Holdings - Estratégia de Negócios, Proteção Patrimonial e Sucessão Familiar - DivulgandoRH Cursos


Prezado Executivo, 


Entro em contato para apresentar o nosso próximo evento "Holdings: estratégia de negócios, proteção patrimonial e sucessão familiar(Jun2012)", que irá ocorrer no 01 de Junho de 2012, 
e gostaria de convidá-lo a participar.


Existem vários tipos de holdings que podem ser criadas, tudo irá depender do interesse visado. Entre outras, uma holding poderá ser criada como forma de antecipar a sucessão familiar e/ou como forma se estratégia de crescimento empresarial através da aquisição de participações societárias em outras sociedades. Para cada situação teremos influências jurídicas e fiscais que devem ser bem mensuradas.

Assim, o treinamento irá demonstrar como se constitui, desenvolve e se extingue uma holding e a influência de nossa legislação sobre ela.


Público Alvo:


Sócios, contabilistas, administradores, economistas, advogados e demais interessados.


Assim, os principais benefícios do treinamento são:

  

CONHEÇA os tipos de holding.


APRENDA a constituir uma holding, sua forma de funcionamento e extinção.


PREVINA litígios familiares e patrimoniais.
   

Tenho certeza que este encontro será uma excelente oportunidade para o desenvolvimento de seus negócios, pelo que recomendamos fortemente
sua participação. 


As inscrições para o evento já estão abertas e há descontos especiais para inscrições antecipadas. 



Você têm interesse em receber mais informações deste Treinamento?



Inscrições e Informações de 8h às 18:30 :             +55 (11) 4063-8050       

Viabilidade Economico Financeira de Empreendimentos Imobiliarios (Jun2012) - DivulgandoRH Cursos


Prezado Executivo, 


Entro em contato para apresentar o nosso próximo evento "Viabilidade Economico Financeira de Empreendimentos Imobiliarios (Jun2012)", que irá ocorrer no 05 de Junho de 2012, e gostaria de convidá-lo a participar.


O mercado imobiliário encontra-se extremamente aquecido, com inúmeros lançamentos de empreendimentos residenciais, comerciais, shopping centers e empreendimentos multiuso combinando estes produtos e agregando-se ainda estabelecimentos hoteleiros. Para minimizar riscos, o planejamento destes empreendimentos deve envolver criteriosos estudos de mercado, que irão subsidiar estudos de viabilidade econômica (rentabilidade) e financeira (“funding”) para estes projetos.

O presente curso tem como objetivo apresentar as ferramentas clássicas de análise econômico-financeira no contexto de avaliação de empreendimentos imobiliários. Além disso, através de estudos de casos, permitir a interação entre os participantes na aplicação prática dos conhecimentos adquiridos.
  
Público Alvo:
  
Profissionais de nível superior que atuem no segmento imobiliário ou de construção civil e que pretendam avaliar de forma profissional a viabilidade econômica e financeira de seus projetos e empreendimentos.


Assim, os principais benefícios do treinamento são:
  

 COMPREENDA a viabilidade econômica no contexto do planejamento de empreendimentos imobiliários.
  
 CONHEÇA os conceitos fundamentais e métodos de avaliação econômica de empreendimentos.
  
 ASSIMILE os conhecimentos através de casos e aplicações práticas.
  
 RELACIONE-SE com profissionais do mercado e divida experiências nesta área.
    

Tenho certeza que este encontro será uma excelente oportunidade para o desenvolvimento de seus negócios, pelo que recomendamos fortemente
sua participação. 
  
As inscrições para o evento já estão abertas e há descontos especiais para inscrições antecipadas. 
  
Você têm interesse em receber mais informações deste Treinamento?
  

Inscrições e Informações de 8h às 18:30 :  skipe: +55 (11) 4063-8050       

segunda-feira, 14 de maio de 2012

“A competência” que nenhum empreendedor pode deixar de ter ! - DivulgandoRH Artigos

“A competência” que nenhum empreendedor pode deixar de ter !

Colunista: Rejane Santos 

Se você é um empreendedor (por empreendedor entenda corporativo, agente de mudanças, também),com certeza já deve ter sentido na pele que algumas habilidades são cruciais para que dê início à construção e, principalmente, à venda de uma idéia. Digamos que você precise até mesmo, desenvolver novas competências, para ter mais acesso e competitividade. Entretanto, sabemos que somente isto não basta.

No Caldeirão do Empreendedor bem sucedido, além de habilidades e competências, devem ser ADICIONADAS : algumas colheres de intuição, muitos quilos de determinação e pitadas e pitadas de capacidade para assumir riscos e entusiasmo para a ação. Somente para citar alguns dos ingredientes que não podem faltar na sua RECEITA DE SUCESSO. Afinal, Walt Disney falou que: “se você pode sonhar, pode realizar”! O que ele deixou subentendido foi que não basta sonhar... “hai capito”?! Não?Darwin, desta vez, é Quem Explica !


Um post recente do Copyblogger argumenta que há uma habilidade específica que o empreendedor deve desenvolver para ter sucesso que, na verdade, não se limita a nenhuma das anteriores: prepare a sua despensa para adicionar ingredientes novos à sua receita de sucesso !

O Copyblogger desmistifica o poder do conhecimento em algumas competências, como a única ferramenta, da qual um empreendedor pode lançar mão como diferencial de sucesso. A sua afirmação está baseada no acesso à tecnologia da qual dispomos no mundo atual. O conhecimento não tem fronteiras e não se limita às paredes de uma sala, de um livro, de uma pessoa; ou seja, a aquisição de novas competências está a apenas um click de distância.

"Você pode aprender qualquer coisa hoje em dia e de forma gratuita até”, diz o autor do post

Verdade seja dita que no YouTube, por exemplo, há como aprender de tudo em vídeos e o Pai Google do Cantuá está lá sempre para te ajudar, não é verdade? Então, se o acesso à tecnologia nos facilita a informação, se tudo o que produzimos corre o risco de virar algo “uniforme”... Onde está verdadeiro diferencial?

“Os empreendedores devem enfatizar mais na sua capacidade de girar e flexionar, em reação a um ambiente de negócios em constante mutação.

É a capacidade de processar e reagir às novas informações assim que estiverem disponíveis, que o tornará bem sucedido”.( Johnny B. Truant, Copyblogger)

A “Capacidade de EVOLUIR”, de se adaptar e de se reestruturar rapidamente, como disse Darwin em sua Teoria da Evolução das Espécies, é o diferencial competitivo. Não estamos lidando mais com o quanto sabemos fazer o que fazemos( know how/tecnologia). Mas sim, da nossa capacidade de transformar, inovar , aprender , interagir e EVOLUIR COM o quanto e o que sabemos, para que possamos agir em um tempo de reação à frente às demandas do mercado, interagindo sempre com o foco em nosso cliente. Poderíamos dizer em um contexto mais amplo: criando uma necessidade ainda inexistente.

Pense agora, neste exato momento, sobre o que poderia realizar que ainda não foi feito dentro e fora do seu campo de atuação.

Uma outra idéia que o copyblogg traz à tona e nos faz refletir é sobre atuação em nicho. “Há muita conversa em círculos de branding do tipo: “se você não continuar fazendo o que as pessoas esperam de você, estará apenas confundindo seu público. Você tem que ter um nicho, e esse nicho tem paredes altas e inescalável em torno dele. Se você fizer algo estranho e fora do personagem;ou, fora de sua área de especialização, as pessoas não sabem o que você representa e, portanto, não vão comprar nada de você”.

O “benchmarking” muitas vezes é confundido com “saber o que a concorrência está fazendo”, quando na verdade, deve ser “O que outros segmentos estão fazendo e trazendo à tona em termos de inovação e tecnologia que posso aprender e aplicar ao meu negócio, ao meu trabalho, ao meu desempenho?”

Veja alguns exemplos de organizações que aplicaram o que estamos abordando até agora, que foram citadas no post do Copyblogger:

Enquanto as livrarias Borders foram morrendo, a Amazon liderou a revolução do e-livro com o Kindle. Eles também foram à venda de livros para vender tudo sob o sol, e começou a prestar serviços de tecnologia como a Amazon S3 meios de hospedagem.

Google entrou em um mercado que já tinha motores de busca dominantes, como Yahoo e Lycos, mas depois se ramificou a partir de pesquisa em aplicativos, sistemas operacionais para smartphones, comunicações de voz, mapeamento, navegação e comércio de serviços, e tudo mais. E agora qual é o nome do dono da casa?

Copyblogger começou como um blog sobre direitos autorais. Então tornou-se mais sobre internet marketing e empresa de pequeno porte. Em seguida, ele começou a criar produtos e fundindo-se com parceiros, agora vendendo temas WordPress, otimização de conteúdo.

Johnny, do Copyblogger sabe bem do que está falando, quando exemplifica a sua própria experiência ao propor parceria ao Wordpress, para vender “temas para páginas dos blogs”: “Em nenhum momento Brian Clark (do wordpress) disse: "Sabe, Johnny ( do Copyblogger),espere um minuto ... um site que vende temas do WordPress ? Isso vai confundir todo mundo” e abandonou a coisa toda para voltar a publicar no wordpress posts sobre “como fazer um blog” apenas”.

Mude a Sua Mente Agora !

ele ainda afirma:"O que você precisa é a mentalidade para realmente sair e usar o que sabe. Você não precisa de habilidades. Você precisa de meta-habilidades".

Vejam as meta habilidades que a sua despensa precisa para dominar e reverter o lado desagradável da “Teoria da Seleção Natural de Darwin”

1.Você tem que aprender a ser incerto e assumir riscos. Se você ficar dentro do que é conhecido e seguro, nunca será verdadeiramente bem sucedido. Fazer o que é incerto e arriscado não é fácil; e, é por isso, que as pessoas que se atrevem a fazê-lo são recompensadas.

2.Você tem que aprender a liderar, o que significa simplesmente sair e fazer as coisas. Se você fizer as coisas, em vez de ficar sempre pensando e falando “sobre fazer” as coisas, então parabéns, você é um líder. Outros te seguirão.

3.Você tem que aprender a resolver problemas. “Eu desescolarizo* (unschool) meus filhos, porque acredito que crianças não devem memorizar fatos – Especialmente em um mundo que muda rapidamente”. É preciso aprender a olhar para uma situação, determinar quais os recursos que precisam, e depois ir em busca desses recursos, a fim de resolver o problema. Temos todos de aprender a pescar em vez de confiar que os outros nos dêem peixe.

(* Desescolarização é um conjunto de ensino filosofias e práticas centradas em permitir que as crianças aprendam através de suas experiências de vida naturais, incluindo jogo, responsabilidades , experiência de trabalho e interação social , em vez de através de um currículo escolar mais tradicional~wikipedia)

4.Você tem que começar a acreditar que pode realizar. Pode soar “ ha-ha, sei” mas é muito importante.Nós nos treinamos em crer que podemos realizar algumas coisas, mas que não podemos realizar outras tantas. Pensa que não pode calcular? Errado. Você não pode levitar na Terra a menos que tenha a assistência ou superpoderes. Há uma grande diferença entre este dois tipos de “não posso” ( outra manifestação desta crença é:”Eu não sou este tipo de pessoa”,”Não fui criado desta forma” e “O que irão pensar meus pais, vizinhos, o fã clube do twilight (série de tv)?”

Creio que nossa resiliência às mudanças aumenta, na medida certa da nossa capacidade para lidar com as situações à nossa volta. As mudanças acontecem devagar... se não estivermos antenados, perdemos a capacidade de “reinventar” a nossa natureza, perdemos a capacidade de interagir ao meio, nos adaptamos ao confortável, à idéia fixa de que “em time que se ganha não se mexe”, tal qual a parábola do sapo escaldado. Aquela em que uma experiência mostra que se colocarmos um sapo em água fria, dentro de um recipiente e aquecê-la aos poucos, o sapo não perceberá a diferença da temperatura, se adaptando lentamente até que morra “escaldado”... A mesma experiência demonstra que se pegarmos o sapo de um ambiente externo e o jogarmos em um recipiente de água fervente, ele dará um salto e sairá antes que morra.Acho que esta experiência resume tudo sobre a competência que todo empreendedor deve ter: capacidade de EVOLUIR constantemente.

Pense: qual é a água morna e confortável que te prende neste momento?

Em meu trabalho de coaching costumo aplicar a Matriz de Gestão da Mudança. A Matriz em questão tem quatro quadrantes:

O que faço a não gosto (ação: transformar ou eliminar);

O que faço e gosto (manter, melhorar, aprimorar);

O que não faço e não gosto ( eliminar, analisar e resignificar... nem sempre o que vc. não faz e não gosta é a decisão mais correta);

O que não faço e gosto (realçar, fazer mais, encontrar tempo e planejar para fazer mais).

Espero que o ajude, ajude à sua equipe, a repensar sobre os “confortos atuais”. Adoraria receber seus comentários.

domingo, 13 de maio de 2012

1º FORUM NACIONAL SOBRE A ERA DIGITAL FISCAL E O CRUZAMENTO ELETRÔNICO DE INFORMAÇÕES (SPED, NF, EFD - ICMS/IPI e EFD SOCIAL- INSS/ PIS/COFINS) OS NOVOS PODERES DA FISCALIZAÇÃO X DIREITOS DOS CONTRIBUINTES - DivulgandoRH Eventos

1º FORUM NACIONAL SOBRE A ERA DIGITAL FISCAL E O CRUZAMENTO ELETRÔNICO DE INFORMAÇÕES (SPED, NF, EFD - ICMS/IPI e EFD SOCIAL- INSS/ PIS/COFINS) OS NOVOS PODERES DA FISCALIZAÇÃO X DIREITOS DOS CONTRIBUINTES.

Objetivo: Através de um dos maiores eventos já ocorridos sobre o tema, os maiores especialistas da área jurídica e contábil sobre o assunto, autoridades e membros do poder público que atuaram ativamente na criação das regras em vigor reúnem-se para debater pontos sob a visão jurídica (advogados), (contabilistas e auditores), (gestores e CEOs) que o “fenômeno multidisciplinar” do Sped traz para as empresas.

Saiba:


(1) Os gastos com o Sped são custos ou investimentos? Aprenda sobre este assunto no Fórum.

(2) O Sped amplia os poderes da fiscalização em detrimento da garantia do processo administrativo tributário ou facilitam a identificação de contingências e oportunidades pelas empresas e contribuintes?

(3) Você da área de recursos humanos, jurídico, contabilidade e área financeira irá entender neste Fórum a complexidade do EFD Social .

(4) O limite das obrigações tributárias acessórias (art. 113 do CTN) perante o conceito de procedimento administrativo tributário e proporcionalidade;

(5) A responsabilidade pela assinatura da declaração em conjunto com sócios ou administradores, contadores e Recursos Humanos.

(6) Saiba o novo conceito de folha de pagamento, centralização de informações, criação de controles da redação e contratação de serviços terceirizados e de entrega das obrigações federais.

(7) Que tal participar de um debate sobre as novas obrigações fiscais, tais como a DCTF Previdenciária.

Publico Alvo:
Advogados, Contabilistas, Diretores, Gerentes Jurídicos, Controllers, Profissionais, Gestores de Rh e Empresários.

11 horas de debates com os Melhores Especialistas do País

HALLEY HENARES NETO

ROBERTO DIAS DUARTE

CORIOLANO ALVES

JORGE CAMPOS

TANIA GURGEL

MARLON M. CUSTÓDIO

ELIAS DA SILVA JÚNIOR

LOCAL

Hotel Transamérica São Paulo

Data

04/06/2012

Você tem interesse em receber mais informações sobre este Evento ??

Kelly Katiúscia
Gerente de Vendas
11.3291.5060 
kelly2@abat.adv.br

sexta-feira, 4 de maio de 2012

ANSIEDADE E MEDO: COMBUSTÍVEIS DE VIDA - DivulgandoRH Artigos



Hoje ao ler este artigo, a cada parágrafo, sentia como se estivessem passando por minha mente episódios de minha vida, e que por muitas vezes não tive como resolver, pena que não pude lê-lo antes, creio que muitas questões mal resolvidas teriam se tornado em situações bem diferentes, por isso achei interessante postá-lo aqui, pois quantos não convivem com situações parecidas e terão agora a opção de ter uma saída. 


ANSIEDADE E MEDO: COMBUSTÍVEIS DE VIDA 




Eu era um menino terrível, brigava com meus irmãos, desobedecia a meus pais, enfim personificação do próprio "pestinha". 

Aos dez anos fui para um colégio interno e só então comecei a tomar conhecimento de dois companheiros de vida: o medo e a ansiedade. 

A timidez o receio de conviver com o sexo oposto a dificuldade de trabalhar em grupo, eram alguns dos sintomas desse medo e dessa ansiedade. 

Consegui ser o primeiro da classe, ganhava muitas medalhas, mas tinha muito medo do "mundo lá fora". 

A superação desses problemas ameaçou quando aos 14 anos fui para o Rio; mais do que ir para a "cidade grande" fui morar sozinho. Meu pai comprou um apartamento, me deu uma pequena mesada e me disse: "Agora a bola é sua". 

Nessa época eu pensava em terminar o "científico" e fazer medicina; não me passava pela cabeça ser consultor, alguém que com grande freqüência conduz seminários, faz palestras etc. 

Embora meu futuro ainda não estivesse claro, foi aí que comecei meu aprendizado como "apresentador" e consultor. 

As lições que aprendi desde então, vou colocá-las sem qualquer ordem cronológica, apenas com o intuito de buscar alguma identificação com o leitor. 
Estar sozinho, não ter alguém para nos ajudar, causa um grande pânico inicial, mas como dependemos de nós mesmos a "coisa" acaba saindo, pois não da para delegar para terceiros. 
As vezes uma tarefa/apresentação nos parece grande demais para nossa competência ou disponibilidade de tempo. ALAN LAKEIN, consultor de administração do tempo me ensinou a técnica do "queijo suíço", isto é decompor o todo em pequenas partes e ir desenvolvendo uma a uma. 
A procrastinação é um problema terrível. Adiamos o que não gostamos ou temos medo de fazer. Vencê-los depende de alguns pequenos macetes: divulgue suas metas para as pessoas que o cercam (vai ficar mais difícil adiar), dê um prêmio a si mesmo quando conseguir fazer, procure fazer junto com outra pessoa a quem você respeita tecnicamente. 
A ansiedade e o medo é algo que se vence, pelo menos no meu caso, com uma grande antecipação do processo de planejamento da atividade principal. Começar a pensar "naquele problema" 3 / 4 meses antes nos ajuda a ter mais segurança em relação ao que deve ser feito. 
Você precisa convencer você mesmo que é bom em determinado assunto; um dos caminhos para isso é convencer primeiro aqueles que o cercam. Use e abuse do marketing pessoal, faça e conte logo para os outros, escreva muito etc. Se o mundo o aceitar como competente por que não concordar com isso? 
O grande aspecto positivo da ansiedade é o de nos impulsionar a fazer mais rápido e atender mais prontamente etc. Ela nos possibilita o uso do tempo como instrumento de vantagem competitiva. 
Já o aspecto positivo do medo é o de nos forçar a fazer tudo da melhor maneira possível, para não correr o risco de fazer mal feito ou de forma incompleta. Nesse aspecto o medo é um combustível da excelência

Queria encerrar com algumas considerações sobre o erro: 
Tanto o medo como a ansiedade podem nos levar ao erro. Por incrível que pareça, errar é bom, pois só quem erra aprende, e pode inovar. 
O importante no erro não é a busca dos "culpados" ou dos responsáveis pelo erro, mas de suas causas, para eliminá-las e evitar uma possível reincidência. 
Lembre-se de que quanto mais cedo erramos, menor será o prejuízo. É melhor errar como mensageiro do que como presidente da empresa. 

Consultor - L A COSTACURTA JUNQUEIRA / VICE PRESIDENTE DO INSTITUTO MVC – M. VIANNA COSTACURTA ESTRATÉGIA E HUMANISMO


e-mail: adir_rh@yahoo.com.br
twitter: @micknelson_04
facebook: http://www.facebook.com.br/aplevka


ERRANDO E APRENDENDO - DivulgandoRH Artigos



ERRANDO E APRENDENDO






"Se pudesse viver minha vida outra vez, trataria de cometer mais erros"
JORGE LUIS BORGES, Escritor e poeta argentino (1899-1986)

MANFRED KETS DE VRIES, Professor do INSEAD, mencionando os atributos do executivo do futuro, colocou entre suas responsabilidades a criação de um clima organizacional que permitisse ao subordinado cometer erros. Mais ainda, acrescentou que quanto mais cedo na carreira de um Gerente erros forem cometidos, menor será o custo desses erros.

Cometer erros é inerente ao processo de aprendizagem; cometer erros e assumir riscos é atributo fundamental para o exercício da função gerencial.

Em tempos em que as organizações precisam entender tanto de seu negócio, quanto de mudança, os erros são o caminho mais curto para tornar o processo de mudança mais permanente e auto-sustentado.

A seguir algumas considerações sobre a importância do erro no processo de desenvolvimento gerencial:
  • Começamos a ter medo do erro em nossa infância, quando nossos pais só recriminavam nossas ações, diziam o que estava errado, mas não discutiam conosco alternativas para consertar os erros. (ênfase na crítica e não no processo educacional)
  • Quando um erro é cometido, sempre se torna importante questionar o porquê; o problema pode estar com o subordinado (falta de preparação, competência etc) ou com seu superior (erro na definição do que deve ser feito, indefinição dos limites de decisão etc). Nossos superiores tendem a achar que o erro é mais problema nosso do que deles!
  • Como se cria um clima de "liberação para erros"? Eis algumas frases que podem ajudar:
      "Na dúvida, erre por ação e não por omissão"
     "Não espere eu retornar, decida se a situação o exigir"
     "Você tem direito a errar 5% de suas ações, minha expectativa é que você acerte 95%".
  • Ainda dentro do "clima de liberação para erros", a realização de uma reunião mensal em que cada um faz uma auto-análise dos erros e acertos (iniciando-se pela apresentação do superior hierárquico), pode se constituir num excelente instrumento para que o grupo evite erros já cometidos.
  • Se o subordinado cometeu um erro, use esse momento como uma oportunidade de aprendizado seja para redefinição de políticas, margens de decisão, necessidade de mais informações de sua parte etc.
  • A aproximação do superior/subordinado através de uma relação mútua de confiança é um ótimo antídoto para erros. Como construí-la? Respeitando-se os quatro elementos geradores de confiança:
      Credibilidade: cumprir o que promete, fazer o que diz
      Confiança: dizer o que pensa e sente, não dissimular
   Abertura: dividir com o outro as informações de que dispõe, não escondendo o jogo
     Aceitação: aceitar as diferenças individuais, conviver bem com elas
  • O erro não deve ser transformado num problema pessoal; julgar alguém por um erro cometido é abrir caminho para que todos na organização evitem ousar.
  • O erro é uma excelente oportunidade para se aplicar o conceito de "momentos da verdade". Na medida em que erros se repetem na interação com clientes internos ou externos, é importante definir-se "respostas/comportamentos padrão para solução do problema". Trata-se de uma situação típica onde o erro se transforme em oportunidade de melhor relacionamento com o cliente.
  • A eliminação de um erro tem mais a ver com a análise e correção de suas "causas" do que com ações sobre seus "efeitos"
  • Erros às vezes são conseqüências da utilização de apenas um dos hemisférios cerebrais (lado racional ou lado criativo). A utilização simultânea e equilibrada de ambos, no processo decisório, aperfeiçoará a qualidade do output, minimizando a possibilidade de enganos.
  • O perfeccionista reduz o número de erros, mas tende a prejudicar a velocidade das respostas.
Estas são apenas algumas idéias para nos ajudar a usar o erro como oportunidade para desenvolvimento gerencial; não se trata de uma apologia do erro, mas de um convite para que todos ousem mais.
Que tal reunir superior/subordinados/pares e fazer avaliação do grupo tendo por base esse texto?

Consultor -  L A COSTACURTA JUNQUEIRA / VICE PRESIDENTE DO INSTITUTO MVC – M. VIANNA COSTACURTA ESTRATÉGIA E HUMANISMO


e-mail: adir_rh@yahoo.com.br
twitter: @micknelson_04
facebook: http://www.facebook.com.br/aplevka 



Está chegando o dia - 6º ConviRH - Congresso Virtual de Recursos Humanos - Inscreva-se

6º ConviRH - Congresso Virtual de Recursos Humanos - Realização RH.com.br

O ConviRH - Congresso Virtual de Recursos Humanos, chega à sua 6ª edição com muitas novidades para os congressistas. Realizado 100% virtual, acontecerá de 10 a 25 de maio de 2012, contará com 20 palestras totalmente em vídeo previamente gravadas e transmitidas pela internet, as quais poderão ser acessadas todos os dias durante 24 horas, e abordarão temáticas relevantes sobre:


Práticas de Gestão de Pessoas - ações que dão resultados no mercado competitivo.
Tendências Organizacionais - fatores que impactarão no trabalho da área de RH.
Liderança na Atualidade - líderes em sintonia com as expectativas corporativas.
Motivação de Talentos - motivar pessoas não é fácil, mas possível.
Qualidade de Vida e Trabalho - como associar trabalho e qualidade de vida.


Vantagens do ConviRH


Público Alvo: Estudantes, profissionais da área de recursos humanos e demais interessados em adquirir conhecimento sobre as tendências de mercado na área de gestão de pessoas. 



Cinco Bons Motivos para Participar do ConviRH:

Baixo investimento para realizar a inscrição. Aproveite, é uma ótima oportunidade para participar de um grande congresso de Gestão de Pessoas.

Não há custos adicionais de deslocamento, hospedagem e refeições. Você investirá apenas na inscrição e nada mais.

Você escolhe as palestras que deseja assistir, na hora, local e dia que preferir, quantas vezes quiser. O ConviRH integra-se perfeitamente ao seu cotidiano.

Interatividade com palestrantes e congressistas. Uma oportunidade para trocar ideias e aprender com profissionais experientes.

Certificação com carga horária, válido para empresas e instituições educacionais. 

Principais Objetivos do ConviRH
Dar oportunidade de acesso à informação para pessoas que, por razões diversas, não têm condições de participar dos congressos presenciais.
Propiciar a atualização profissional de pessoas em diversas regiões do país.
Gerar intercâmbio nacional acerca das práticas de Gestão de Pessoas.
Estimular a integração dos profissionais de RH.


Acesse e faça sua inscrição: http://www.rh.com.br/Portal/Geral/6ConviRH/

e-mail: adir_rh@yahoo.com.br
twitter: @micknelson_04
facebook: http://www.facebook.com.br/aplevka